Trabalhar com entregas com veículo próprio

O ano de 2020 revolucionou inúmeros processos de trabalho, a pandemia trouxe o isolamento social e novas maneiras de conseguir dinheiro foram necessárias. Segundo o próprio Google Trends, buscas no Google por trabalhar com entregas com veículo próprio subiram após o início da quarentena.

Não é à toa, pois essa atividade é uma ótima forma seguir trabalhando ou de adquirir renda extra, visto que muitas pessoas perderam o emprego devido aos problemas na economia.  Separamos algumas dicas essências para você que procura iniciar essa carreira.

Qual melhor aplicativo para trabalhar com entregas?

Após a pandemia houve uma queda de solicitações de corridas para os motoristas de aplicativos, como o Uber e o 99 Pop, o que trouxe uma demanda por novos caminhos de busca de renda. Entretanto, existem poucos serviços que fornecem uma demanda suficiente para esses motoristas, e até para os novos trabalhadores do ramo.

Uma opção viável são os aplicativos de entrega, principalmente de comida e utilidades, como por exemplo iFood, Uber Eats e Rappi. Dentro desses aplicativos é possível se cadastrar, mesmo que você não tenha carro, pois a maioria oferece opções para entregadores com veículo próprio: motocicleta, e até bicicletas. Separamos uma lista com os principais aplicativos de delivery:

iFood

O iFood é um dos aplicativos mais famosos no Brasil, a empresa realiza uma ponte entre entregadores e restaurantes, e recentemente adicionou a opção de entrega para mercados e lojas de bebidas. Para quem deseja trabalhar com entrega rápida e fácil, essa é uma ótima opção, além da grande demanda, que pode significar um salário maior, o aplicativo está disponível em quase todas as cidades do Brasil

Leia Também  Unimed Trabalhe Conosco

Rappi

O Rapp tem uma grande disputa com os outros aplicativos como Uber Eats e iFood, entretanto, ele conta com uma vantagem grande, que é a entrega de diversos produtos, você pode contratar um Rappi para qualquer entrega. Além de comprar diretamente de supermercados ou lojas, pode pedir utensílios e entregas de qualquer lugar, sua casa por exemplo. Esse aplicativo facilita muito a questão da demanda e pode ser uma ótima opção.

Uber Eats

Esse é um aplicativo mais restrito, por ser gerenciado pela Uber, entretanto, ele traz inúmeras vantagens quanto a segurança dos entregadores, e a exclusividade. Outro ponto importante são os locais de entrega, que também podem ser mais restritos e a diversidade de cupons que ele oferece para o usuário, o que pode influenciar na demanda.

Loggy

Esse aplicativo não tão conhecido trás algumas vantagens para o usuário, pois ele oferece também entregas de avião. É uma proposta mais sofisticada para quem deseja trabalhar com menos demandas, pois trabalha diretamente com e-commerce e escritórios.

Quanto ganha um entregador de encomendas?

Para quem está decidindo entrar no ramo é importante verificar a questão de salários, não é sempre que será compensatório optar pela entrega. Inicialmente o salário pode ser instituído em R$ 1.016,00 ou até R$ 1.583,00. Ademais, tudo pode depender do emprego e também das empresas que o profissional escolher. Caso você deseje trabalhar com os aplicativos, o salário pode variar mais.

Empresas como o iFood constatam que seus parceiros costumam receber dependendo a distância trabalhada. Fatores que influenciam também são o dia e até a semana e cidade de atuação. Segundo dados do aplicativo em abril de 2020 61% dos entregadores receberam mais do que R$ 19,00 por hora trabalhada.

Leia Também  Trabalhe conosco Claro

Trabalhar com pequenas entregas

A possibilidade de trabalhar com entregas pode ser muito bem aproveitada. Além da opção de abrir sua própria empresa como MEI, microempreendedor individual, você pode ser colaborador nos aplicativos e fazer uma renda extra.

A opção de entregar produtos de carro ou motocicleta é ainda muito comum, entretanto recentemente foi popularizada a entrega de bicicletas, ou até outras alternativas, o que torna o custo inicial muito pequeno.

Trabalhar com entregas do Mercado Livre

Trabalhar com entregas no mercado livre com veículo próprio, por enquanto está disponível apenas na cidade de São Paulo. Para entregar para o Mercado Livre é preciso utilizar o aplicativo da empresa, o Mercado Envios Flex.

Dentro do Mercado Flex você que precisa procurar os vendedores dispostos a contratação. Quando você efetuar o download do aplicativo vai perceber também que ele só consta com a opção de escaneamento de códigos para produtos de entrega.

A premissa do Mercado Flex é a entrega no mesmo dia, para isso os vendedores precisam de entregadores dispostos a efetuar essa entrega, nesse caso, cada vendedor que utiliza o Mercado Flex tem seu próprio entregador. Visto que todas as entregas precisam ser feitas no mesmo dia, cada vendedor escolhe o entregador de sua preferência.

Quanto o iFood paga por entrega para o motoboy?

O trabalho no iFood é feito apenas por motoboys, portanto, se você tem interesse em começar apenas com iFood é essencial ter uma motocicleta. Uma vantagem é o trabalho independente e os depósitos feitos diretamente em conta para o entregador. Para trabalhar no iFood o entregador deve fazer o download do aplicativo na versão exclusiva para entregadores, e então realizar o cadastro corretamente e aguardar a aprovação da empresa.

Leia Também  Trabalhe conosco TIM

A remuneração é feita por entrega, então, o seu salário vai depender da quantidade de entregas que você conseguir pegar. O grande segredo é a localização em que você deseja trabalhar, pois locais onde existem muitos restaurantes trazem mais demanda.

No cálculo de ganhos dos entregadores do iFood, utilizamos jornadas vão de 6 a 9 horas por dia com 75% desse tempo no período diurno e 25% a noite com 2 finais de semana trabalhados por mês. Veja quanto ganham motoboys e ciclistas no iFood:

Considerando uma jornada de 6 a 9 e um cálculo de 75% de aproveitamento diurno e 25% noturno com 2 finais de semana trabalhados por mês, os ganhos de motoboys no iFood seriam de:

  • De R$ 8 a R$ 15 por entrega;
  • Entre R$ 110 e R$ 260 diários;
  • De R$ 1.500 a R$ 3.000 mensais.

Quem faz a entrega do Mercado Livre?

Existe a opção de trabalho dentro do site Mercado Livre também, entretanto essa opção só está disponível para quem mora em São Paulo. Recentemente o site lançou o aplicativo de envio “Mercado Envios Flex, o que possibilita a contratação de entregadores autônomos.

Agora que você já conhece todas as opções para iniciar o trabalho com entregas pode utilizar os aplicativos que recomendamos e começar a adquirir sua renda extra. Qualquer dúvida também pode ser consultada dentro dos sites dos aplicativos que recomendamos.